238

Grande adesão da categoria à Plenária fortalece a luta em defesa da enfermagem

Mobilização

O descaso e os ataques que a classe política tem praticado contra os trabalhadores da saúde, em especial aos profissionais da enfermagem, estão sendo revertidos com uma maior conscientização da classe trabalhadora, que aderiram em peso à Plenária Nacional dos Dirigentes Sindicais, realizada pela CNTS, que ocorreu na última sexta-feira, 18.

Em conjunto, os dirigentes da federações filiadas e sindicatos vinculados à CNTS, aprovaram uma agenda de mobilizações em prol dos projetos do piso salarial nacional da enfermagem e na regulamentação da jornada de 30 horas da categoria. A agenda de protagonismo do movimento sindical começa nesta segunda-feira, 21, com o panelaço da enfermagem, que acontece às 20h30. O ato cobra a aprovação do Projeto de Lei 2564/2020, que institui o piso nacional para a categoria, e do PL 2295/00, que estabelece jornada de 30 horas semanais para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem.

Outra pauta aprovada foi a adesão ao Dia Nacional de Luta da Enfermagem, que acontece no próximo dia 30 de junho. Neste dia, as entidades participarão através de carreatas, faixas, manifestação em frente as unidades de saúde, assembleias, audiência com parlamentares e paralização sendo garantida a escala mínima de trabalho conforme a lei. As atividades executadas serão conforme a disponibilidade das entidades e de seus trabalhadores.

Além disso, os dirigentes também aderiram ao manifesto do Movimento Basta! contra a reforma administrativa – PEC 32/2020. O ato acontece nesta quarta-feira, 23, ao meio-dia, em todo o país, com carretas em frente às Prefeituras, Câmaras e Assembleias Legislativas.

A Plenária Nacional dos Dirigentes Sindicais da Saúde teve a participação de 58 sindicatos e 11 federações e contou com a presença da senadora Zenaide Maia (PROS/RN), relatora do PL 2564/2020; do assessor parlamentar e consultor sindical, Vladimir Nepomuceno; da presidente da Federação Nacional dos Enfermeiros – FNE, Shyrlei Marshal; do assessor parlamentar da CNTS, André Santos e do pesquisador da Fiocruz, Wilson Aguiar Filho.

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas

Siga a CNTS
nas Redes Sociais