34

OIT: Trabalho de cuidado não pago pesa mais sobre as mulheres

Trabalho e Emprego

Ana Luíza Matos de Oliveira*

Em nenhum país do mundo mulheres e homens dividem o trabalho de cuidado não pago igualmente, com o ônus sempre recaindo sobre as mulheres. É o que diz estudo da Organização Internacional do Trabalho -OIT.

Segundo a OIT, o trabalho de cuidado não pago ainda é muito invisibilizado em todo o mundo. Mas estimativas para 64 países – que correspondem a 66,9% da população mundial – mostram que 16,4 bilhões de horas são gastas em trabalho doméstico não pago no mundo, o que seria equivalente a 2 bilhões de pessoas trabalhando 8 horas por dia sem remuneração. Segundo a publicação, se tais atividades fossem remuneradas por hora pelo valor do salário mínimo, somariam 9% do PIB mundial ou U$ 11 trilhões – poder de paridade de compra de 2011.

Além disso, o relatório descreve como as mulheres realizam três quartos do trabalho de cuidado não pago no mundo ou 76,2% das horas de trabalho gastas com essa atividade. Segundo o documento, mulheres gastam em média 3,2 vezes mais tempo que homens com trabalho de cuidado não pago. Ao longo de um ano, as 4 horas e 25 minutos diárias das mulheres somam 201 dias de trabalho de 8 horas e as 1 hora e 23 minutos diários dos homens somam 63 dias de trabalho nos mesmos termos.

Além disso, aponta a OIT que hoje há 647 milhões de pessoas em idade ativa fora do mercado de trabalho devido a responsabilidades familiares. O gráfico abaixo mostra essas diferenças por grupos de países e regiões do globo.

*Informativo Fundação Perseu Abramo

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas

Siga a CNTS
nas Redes Sociais