28
Imagem: Artista plástico Nivalmir Santana

Grito pela Saúde – Basta de privilégios

Movimentos Sociais

Movimentos se organizam para denunciar descasos com a saúde no 24º Grito dos/a Excluídos/as

Amanhã, 7 de Setembro, milhares de brasileiros irão às ruas participar do 24º Grito dos/as Excluídos/as que acontecerá em todo o país. Movimentos, entidades, organizações, redes e lideranças que atuam em defesa da saúde participarão do ato com o Grito Pela Saúde, que este ano tem como lema “Desigualdade gera violência – Basta de Privilégios” e tema “Vida em primeiro lugar”.

A mobilização reforça a chamada do Conselho Nacional de Saúde – CNS, do qual a CNTS faz parte, que manifestou apoio à articulação, a fim de denunciar o cenário de desmonte no qual se encontra a saúde brasileira afetando tanto o Sistema Único de Saúde – SUS quanto o Sistema Único de Assistência Social – SUAS. A orientação é que em todos os locais onde a manifestação popular aconteça, os Gritos pela saúde estejam presentes através de seus militantes.

O Grito dos/as Excluídos é uma articulação nacional e popular que tem o ponto máximo a Semana da Pátria, mas que não se encerra em setembro. Se propõe como um processo de acúmulo de lutas, discussões, reflexões e ações que se expressam ao longo dos anos.

O Grito dos Excluídos é uma manifestação popular carregada de simbolismo, é um espaço de animação e profecia, sempre aberto e plural de pessoas, grupos, entidades, igrejas e movimentos sociais comprometidos com as causas dos excluídos. É uma descoberta, uma vez que agentes e lideranças apenas abrem um canal para que o Grito sufocado venha a público.

“O Grito brota do chão e encontra em seus organizadores suficiente sensibilidade para dar-lhe forma e visibilidade. O Grito não tem um “dono”, não é da Igreja, do Sindicato, da Pastoral; não se caracteriza por discursos de lideranças, nem pela centralização dos seus atos; o ecumenismo é vivido na prática das lutas, pois entendemos que os momentos e celebrações ecumênicas são importantes para fortalecer o compromisso”. (Fonte: Imprensa Grito Continental)

 

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas

Siga a CNTS
nas Redes Sociais