4666
Foto: Michael Dantas/Getty Images

De 10 municípios que adotam kit Covid, 9 tiveram taxa de mortalidade maior que a média do estado

Coronavírus

Os municípios com altas no índice estão espalhados nas regiões Norte, Nordeste, Sul e Centro-Oeste.

Um levantamento do UOL mostra que, em 10 municípios com mais de 100 mil habitantes que distribuíram oficialmente um kit com medicamentos para o “tratamento precoce” contra Covid, nove registraram uma taxa de mortalidade pela doença mais alta do que a média estadual. Segundo levantamento, as nove cidades que registraram taxa de mortalidade maior do que a de seus estados, apesar do “tratamento precoce”, são: Goiânia (GO), Campo Grande (MS), Natal (RN), Cuiabá (MT), Boa Vista (RR), Jundiaí (SP), Gravataí (RS), Itajaí (SC) e Cachoeirinha (RS). Os dados são do Ministério da Saúde e referem-se ao acumulado até quarta-feira, 20.

Dados de Parintins, no Amazonas, mostram que a cidade é a única exceção: tem uma taxa de mortalidade 1,3% menor do que a média do estado, que registra um acumulado de 159 mortes por Covid-19 por 100 mil habitantes – o dado do município é de 157 óbitos por 100 mil habitantes.

A Sociedade Brasileira de Infectologia – SBI, com base nos estudos científicos mais recentes e consistentes, afirma que não existe tratamento precoce para a covid-19. A SBI segue os protocolos semelhantes à Sociedade Americana e de outros países.

Com uma taxa de mortalidade de 58,3% mais alta do que a do estado, Itajaí, em Santa Catarina apresenta a maior diferença. Em Natal, capital do Rio Grande do Norte, a taxa de mortalidade pela doença causada pelo novo coronavírus é de 57,1% maior do que a do estado. A capital de Mato Grosso, Cuiabá, tem a terceira alta mais significativa, 50,7% mais elevada do que a do estado como um todo.

As prefeituras alegam que montam seus “kit Covid” com base em um protocolo do Ministério da Saúde.

Desde o início da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro tem defendido o uso da hidroxicloroquina ou cloroquina no tratamento precoce do coronavírus. O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, assumiu o cargo após os dois ministros anteriores – os médicos Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich – terem se recusado a adotar o protocolo defendido pelo presidente e que não tem eficácia nenhuma no tratamento da doença.

Vários estudos já apontaram a ineficácia dessas substâncias para prevenção e/ou tratamento da infecção causada pelo coronavírus. A revista científica “Nature”, por exemplo, uma das mais renomadas, publicou dois estudos no ano passado que mostravam que a cloroquina e a hidroxicloroquina não são úteis contra a Covid-19.

Fonte: Com UOL

3 opiniões sobre “De 10 municípios que adotam kit Covid, 9 tiveram taxa de mortalidade maior que a média do estado

  • Luiz Paulo da Silva

    É triste não aparecer um Brasileiro ou Instituição quê dê um FREIO Nesse Presidente CHARLATÃO , GENOCIDA e CRIMINOSO e Ele vai contínuar MATANDO ??? , será quê vamos ter quê esperar a Intervenção da ONU ou do TRIBUNAL DE HAIA ??? .

  • Luiz Carlos

    Taxa de mortalidade maior que a média é uma informação que deve ser analisada.
    A notícia e a correlação induz a pensar que o uso do tal kit foi responsável direto pelo aumento da taxa.
    Uma matéria publicada na BBC, diz que no Brasil, “80% dos pacientes que entubaram evoluíram para óbito”. É uma estatística.
    Outro “detalhe” é a investigação de cada óbito, período, faixa etária, morbidades pré-existentes, diagnóstico precoce ou tardio, quando começou o tratamento e como foi administrado, houve indicação médica, etc…
    A doença é nova e muito teremos que aprender ainda, porém, jamais a politização ajudará em alguma coisa.
    Trabalhos estão sendo utilizados em toda parte do mundo e até os resultados negativos são dados e precisam ser explicitados até para que não se repita.

    • Eric Grossi

      Correta afirmação, é someone uma correlação, mas sua variável negativa que é mais importante, ou seja, mostra claramente que estas substâncias NÃO ESTÃO diminuindo a mortalidade de COVID

Deixe uma resposta para Eric Grossi Cancelar resposta

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas

Siga a CNTS
nas Redes Sociais