15
Foto: Pixabay

Fetessesc lamenta as mais de 500 mil mortes e se solidariza com os familiares das vítimas

Coronavírus

No último sábado, 19, o Brasil alcançou a triste marca de 500 mil mortes por Covid-19. A Federação dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Santa Catarina – Fetessesc não podia deixar de registrar a sua indignação pela perda de mais de meio milhão de vidas para uma doença que já tem vacina.

São pais, mães, filhos, maridos, esposas, amigos que partem sem poder nem ao menos se despedir de seus familiares. A realidade do Brasil é dura. Sabemos que essas mortes poderiam ter sido evitadas se o governo federal não tivesse ignorado a oferta de vacinas.

Estudos comprovam que as vacinas poderiam ter salvado pelo menos 1 em cada 5 dessas perdas. Ou seja, há um culpado por toda essa tragédia que vivemos. A irresponsabilidade e negligência da gestão do presidente Bolsonaro estão levando o país a uma catástrofe sem precedentes.

A presidente da Fetessesc, Maria Salete Cross, inconformada com tamanho descaso, acredita que “com o andamento da CPI da Covid-19, os verdadeiros culpados por essa catástrofe deverão ser devidamente julgados e responsabilizados por cada uma dessas vidas perdidas”.

A Federação lamenta e se solidariza com os familiares das vítimas e alerta para que todos sigam fazendo isolamento social, usando máscara, tomando a vacina quando chegar a sua vez e lavando as mãos com frequência. Somente com a população consciente e protegida, a pandemia irá terminar.

Fonte: Fetessesc

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas

Siga a CNTS
nas Redes Sociais