9
Reprodução Internet

TRT marca julgamento do dissídio coletivo contra o Sindicato dos Hospitais em Alagoas

Sindicatos de Base

Está marcada para o dia 13 de novembro, a partir das 9h, na Justiça do Trabalho em Alagoas, a primeira audiência de conciliação sobre o dissídio coletivo 2018-2019 movido pelo Sateal contra o Sindicato dos Hospitais –representante dos hospitais privados e filantrópicos no Estado.

O SindHosp não aceitou a proposta de reivindicações encaminhada pelo sindicato dos trabalhadores, que incluía o reajuste de salário e melhores condições de trabalho. Ao longo do ano foram feitas diversas tentativas no sentido de negociar a pauta, mas todas sem êxito.

O Sateal provocou o Ministério Público do Trabalho para mediar à questão, mas Sindicato dos Hospitais também não respondeu a proposta apresentada pelo MPT, que propôs o reajuste de acordo com o percentual da inflação do ano e a manutenção das cláusulas da convenção coletiva anterior.

Embora a proposta tenha sido acatada pelos trabalhadores, a entidade patronal insiste em implantar a jornada de 12×36, o que significa que o profissional trabalhará para a empresa em dias alternados e sem o direito a folga semanal.

“O entendimento do Sateal e da categoria, que já discutiu amplamente o tema, é pela rejeição da escala 12×36, por entender que a jornada é maléfica a saúde do trabalhador, compromete a segurança e a qualidade da assistência, considerando a sobrecarga de trabalho existente nos estabelecimentos de saúde privados e filantrópicos”, destacou o presidente do Sateal, Mário Jorge Filho. Ele informou ainda que o Sindicato está mobilizando a categoria para participar da audiência.

Fonte: Sateal
CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais