15
Foto: Bruno Cecim/Agência Pará

Técnicos de enfermagem ocupam o primeiro lugar nas funções que mais sofrem acidentes no trabalho

Trabalho e Emprego

Em 2021, os acidentes de trabalho aumentaram 10% em relação a 2020. Em Mato Grosso do Sul, foram 1.841 notificações, enquanto no ano anterior foram 7.052 denúncias. Entre as funções que mais se acidentaram, técnico de enfermagem esteve em 1º lugar na lista em dois anos consecutivos.

No levantamento, 923 acidentes foram devido a impacto de pessoa contra objeto em movimento, ocupando o primeiro lugar no ranking das “20 situações geradoras que mais acidentam” do ano passado, em segundo vem situações não informadas, com 782 notificações, e com 560 denúncias, queda de pessoa com diferença de nível, está em terceiro lugar.

O Ministério Público do Trabalho – MPT realiza uma campanha de conscientização sobre a importância do registro de acidentes de trabalho. Nesse mês de abril, está orientando motoristas nas rodovias do Mato Grosso do Sul, e esteve nos maiores hospitais de Campo Grande, na quinta, 7, e sexta-feira, 8, para debater com os profissionais de saúde sobre a importância de informar o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), caso atendam ou sejam vítimas de acidente de trabalho.

Foram 63 acidentes fatais, notificados em 21 em Mato Grosso do Sul, um aumento de 27% em relação a 2020, que teve 46 óbitos. As atividades econômicas que mais acidentaram em 2021 e 2020 foram as mesmas: criação de bovinos para corte, frigorífico de abate de bovinos e abate de aves.

Fonte: Correio do Estado
CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais