7
Foto: Fetessesc

Reajuste do Piso Estadual Catarinense chega a 4,3%

Entidades de Base

Poucos estados têm um Piso Estadual, que é uma política de valorização da negociação coletiva de trabalho.

Acordo que reajusta o Piso Salarial Estadual é fechado em Santa Catarina. O reajuste conquistado chegou a 4,30% em média, variando pouco entre as quatro categorias de trabalhadores que negociam o piso diretamente com a federação patronal. O acordo foi fechado na terceira rodada de negociação entre representantes de trabalhadores e classe patronal, dia 12 de fevereiro, na Fiesc.

O Piso Salarial Estadual é uma política de valorização salarial formulada e conquistada pelo movimento sindical de Santa Catarina. Entre 2006 e 2009, a Federação dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Santa Catarina – Fetessesc e sindicatos filiados participaram de uma mobilização estadual para a aprovação da Lei Complementar 459, medida que reconhece e regulariza o piso estadual. A Lei entrou em vigor no Estado de Santa Catarina em janeiro de 2010 e estipulou quatro faixas de pisos salariais para os trabalhadores catarinenses. Desde então as centras sindicais e a classe patronal negociam anualmente o percentual de reajuste para as faixas.  Os trabalhadores em estabelecimentos de serviços de saúde fazem parte da 4ª faixa salarial.

A diretoria da Fetessesc destaca a importância da existência de um piso salarial que ultrapassa o salário mínimo e avalia como positiva a negociação realizada pelas centrais sindicais. Para a diretoria a valorização dos trabalhadores passa pela garantia de salários justos.

O próximo passo é enviar o acordo assinado entre as partes para o governador do Estado, que encaminhará um Projeto de Lei à Assembleia Legislativa, onde será apreciado e votado pelos deputados, retornando ao governo para ser sancionado. Ao todo são quatro faixas que compõem o Piso Salarial Estadual. Confira, abaixo, como ficam os salários desses trabalhadores com o reajuste:

1ª Faixa: R$ 1.158,00

2ª Faixa: R$ 1.201,00

3ª Faixa: R$ 1.267,00

4ª Faixa: R$ 1.325,00

Previdência – Na tarde da quarta-feira, 20, a Fetessesc esteve presente na aula pública ”Contrarreforma da Previdência pelo olhar dos trabalhadores”. A aula organizada pelas Centrais sindicais e pelo Dieese, contou com a fala inicial de José Álvaro Cardoso, economista e diretor do Dieese, que explicou aos trabalhadores e movimento sindical presentes, a proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo. O evento ocorreu no largo da Catedral Metropolitana de Florianópolis.

A Fetessesc reafirma seu compromisso com a defesa da aposentadoria dos trabalhadores da área da saúde e de toda população, e repudia a proposta apresentada pelo atual governo. Para a entidade, a proposta retira os direitos dos trabalhadores de uma aposentadoria digna.

Após a aula, os dirigentes sindicais entregaram panfletos que explicam a necessidade da defesa da aposentadoria, em frente ao Terminal Integrado do Centro – Ticen.

Reunião – A diretoria da Fetessesc esteve reunida no dia 5 de fevereiro na sede da entidade localizada em Florianópolis, para realizar sua primeira reunião do ano de 2019.

Com o objetivo de identificar e debater os possíveis impactos do novo governo sobre os trabalhadores da área da saúde, foi realizada na reunião de diretoria análise da conjuntura política nacional e estadual. Para a Fetessesc, o cenário atual não é favorável para os trabalhadores, e as tentativas de enfraquecimento das entidades sindicais, como o ataque ao financiamento dos sindicatos, federações e centrais, interferem de forma preocupante a representação sindical aos trabalhadores.

Diante deste cenário, a diretoria da Federação construiu agenda de trabalho que irá assessorar os sindicatos na realização de assembleias de trabalhadores para a construção das pautas de negociação coletiva e na aprovação da contribuição sindical. A agenda também contempla um auxílio aos sindicatos para a realização de eleições de diretoria que ocorreram pelo estado neste ano.

Fonte: Assessoria Fetessesc
CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais