5
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

PSL comandará Comissão de Constituição e Justiça da Câmara

Congresso Nacional

Além da CCJ, primeira comissão onde a reforma da Previdência inicia sua tramitação, o partido comandará outros dois colegiados. MDB, PT, PR, PSD, PSB e PP vão presidir duas cada. Já PRB, PSC, PSDB, PTB, SD, PDT, PCdoB, DEM e Podemos liderarão uma cada.

Com uma das maiores bancadas da Câmara dos Deputados, o PSL ficará com a presidência de três comissões permanentes, Fiscalização Financeira e Controle; Relações Exteriores e de Defesa Nacional e a mais cobiçada, Constituição e Justiça, primeira comissão onde a reforma da Previdência inicia sua tramitação. O deputado novato Felipe Francischini, do Paraná, foi escolhido para presidir o colegiado e a deputada Bia Kicis (PSL-DF) foi escolhida como vice-presidente.

Na CCJ, os membros analisarão se a proposta encaminhada pelo presidente Jair Bolsonaro está de acordo com a Constituição. Depois disso, o texto seguirá para a comissão especial, que terá a responsabilidade de discutir o mérito da Proposta de Emenda à Constituição – PEC 6/2019.

Francischini afirmou que pretende reunir-se individualmente com todos os membros da CCJ para tentar chegar a um consenso sobre o cronograma da reforma da Previdência no colegiado. Em entrevista ao blog da jornalista Andréia Sadi, o deputado disse que se o texto que trata da aposentadoria dos militares não atrasar, a votação da proposta, na CCJ deve acontecer na primeira semana de abril.

Nos bastidores, parlamentares levantaram dúvidas se, de fato, o texto dos militares será entregue aos congressistas na próxima quarta-feira, 20. Já que o presidente Jair Bolsonaro foi às redes sociais para dizer que ainda não tinha visto a proposta.

Outros Colegiados – Segunda maior bancada da Casa, o PT ficou com a presidência das Comissões de Cultura, presidida pela deputada Benedita da Silva, e Direitos Humanos e Minorias, comandada por Hélder Salomão. O MDB, PR, PSD, PSB e PP também vão presidir duas cada. Já PRB, PSC, PSDB, PTB, SD, PDT, PCdoB, DEM e Podemos liderarão uma cada. Apenas a de Legislação Participativa não elegeu o presidente, previsto para esta semana.

Os outros presidentes eleitos: Sergio Souza (MDB/PR) – Finanças e Tributação (CFT); Newton Cardoso Jr. (MDB/MG) – Turismo (CTUR); João Maia (PR/RN) – Defesa do Consumidor (CDU); Capitão Augusto (PR/SP) – Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado (CSPCCO); Silas Câmara (PRB/AM) – Minas e Energia (CME); Gilberto Nascimento (PSC/SP) – Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CPD); Fábio Mitidieri (PSD/SE) – Esporte (CESPO); Antonio Brito (PSD/BA) – Seguridade Social e Família (CSSF); Pedro Cunha Lima (PSDB/PB) – Educação (CE); Luisa Canziani (PTB/PR) – Defesa dos Direitos da Mulher (CMULHER); Bosco Saraiva (SD/AM) – Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (CDEICS); Félix Mendonça Junior (PDT/BA) –  Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI); Lídice da Mata (PSB/BA) – Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (CIDOSO); Professora Marcivania (PCdoB/AP) –  Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP); Rodrigo Agostinho (PSB/SP) – Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CMADS); Eli Corrêa Filho (DEM/SP) – Viação e Transportes (CVT); Pastor Marco Feliciano (PODE/SP) – Desenvolvimento Urbano (CDU); Fausto Pinato (PP/SP) – Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR); Atila Lins (PP/AM) – Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e Amazônia (CINDRA); Léo Motta (PSL/MG) – Fiscalização Financeira e Controle (CFFC); e Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) – Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN).

Fonte: Com informações de G1 e Contatos Assessoria
CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais