20
Foto: Sindsaúde-CE

Plano Bresser: governo do Ceará libera pagamento de precatórios em ação ajuizada pelo Sindsaúde

Entidades de Base

Devem receber o pagamento, num primeiro momento, ao menos 271 beneficiários considerados prioritários, que entregaram a documentação exigida na assessoria jurídica do Sindsaúde-CE.

Demorou mas chegou a hora. O Sindsaúde-CE informa que foi liberado pelo governo do Estado do Ceará o pagamento dos precatórios referentes ao Plano Bresser para os beneficiários com mais de 60 anos ou portadores de doença grave, considerados preferenciais, no processo Nº 0174100-91.1989.5.07.0003.

Os pagamentos foram iniciados na quinta-feira, 21, e seguem até que todos os depósitos sejam realizados. A expectativa é que o dinheiro esteja na conta informada pelos beneficiários em até dez dias úteis. O valor, referente às perdas com o Plano Bresser, que será pago através desta ação, varia de R$ 7 a 40 mil por beneficiário.

Ao todo, são beneficiários da ação ajuizada pelo Sindsaúde em 1991, 777 servidores. A ação, ganha na Justiça, solicitava a concessão dos reajustes salariais dos servidores da extinta FUSEC, de acordo com o IPC de março de 1990, de 84,32%, e do plano Bresser, que foi de 25,06%.

A expedição dos precatórios referentes a este processo foi determinada pela Justiça em março de 2017.

Para a presidente do Sindsaúde, Marta Brandão, essa é uma vitória muito importante para esses trabalhadores que foram prejudicados com grandes perdas salariais no passado. “A Justiça reconheceu que nossa ação era justa e agora o governo do Estado liberou os pagamentos. Muitos idosos que vão receber esse pagamento estavam sempre em contato como o Sindsaúde e estavam precisando muito desses recursos para garantir até as necessidades básicas” – afirmou.  “Vai ser um alívio para eles e é uma grande satisfação para nós poder comemorar com esses trabalhadores essa vitória. Uma boa notícia em tempos tão obscuros, quando a velhice da população mais carente desse país está ameaçada por mudanças na Previdência” – concluiu.

Fonte: Assessoria Sindsaúde-CE
CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais