17

Para combater demissões e assédios, entidades representativas da Enfermagem buscam criar mesa de mediação no MPT

Enfermagem

Iniciativa da CNTS, FNE e ISP é solucionar conflitos enfrentados pelos profissionais da Enfermagem de todo o país diante de ameaças de demissão, assédio moral, tentativas de revisões contratuais e mudanças na carga horária após a sanção do piso salarial da categoria.

A Confederação Nacional dos trabalhadores na Saúde (CNTS), a Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE) e a Internacional dos Serviços Públicos (ISP) se reuniram com a Procuradoria-Geral do Trabalho para buscar solucionar os conflitos enfrentados pelos profissionais da Enfermagem de todo o país diante de ameaças de demissão, assédio moral, tentativas de revisões contratuais e mudanças na carga horária após a sanção do piso salarial da categoria. Como encaminhamento, ficou acordado a criação de uma mesa de mediação no MPT.

Após a Lei 14.434/22 entrar em vigor, as entidades representativas da categoria têm recebido diversas denúncias que configuram em ilegalidades trabalhistas e que devem ser apuradas e coibidas pelo MPT. Por isto, é de estrema importância a criação da mesa de mediação afim de prevenir e corrigir ilegalidades que foram levantadas pelos representantes das entidades.

Estiveram presentes na reunião o presidente da CNTS, Valdirlei Castagna, a representante da FNE, Solange Caetano, a secretária regional do ISP, Denise Motta Dau, o procurador-geral do Trabalho, José de Lima Ramos Pereira, a vice-procuradora-geral do Trabalho, Maria Aparecida Gugel, o coordenador da Conalis, procurador Ronaldo Lima dos Santos, o vice-coordenador Nacional da Conalis, procurador Jefferson Rodrigues e a coordenadora da Conap, procuradora Andrea da Rocha Carvalho Gondim.

CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais