24

Nota pública: readequação da agenda de mobilização

Piso Salarial da Enfermagem

O Fórum Nacional da Enfermagem, composto pelas entidades representativas da Enfermagem Brasileira, Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde – CNTS, Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social – CNTSS, Federação Nacional dos Enfermeiros – FNE, Conselho Federal de Enfermagem – COFEn, Associação Brasileira de Enfermagem – ABEn, Associação Nacional dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem – ANATEN e a Executiva Nacional dos Estudantes de Enfermagem – ENEENF, tendo em vista a publicação na quarta-feira, 19, dos atos nº 221 e 222 da mesa da Câmara dos Deputados, pelos quais prevê que as atividades parlamentares serão realizadas de forma remota até do dia 25/02/2022, em caráter extraordinário, o Fórum reuniu-se no dia na quinta-feira, 20, com o objetivo de readequar sua agenda de mobilização anteriormente aprovada, visto que a ausência de parlamentares na Câmara dos Deputados tornaria infrutífera nossa presença no Congresso Nacional neste período.

Diante disso, fica suspenso o ato presencial que seria realizado em Brasília no dia 02 de fevereiro. Também ficam suspensas as atividades presenciais que seriam realizadas semanalmente dentro da Câmara dos Deputados durante todo o mês de fevereiro.

É consenso entre as entidades representativas que este é o ano em que a enfermagem precisa definitivamente ser valorizada, e isto passa necessariamente pela aprovação do PL 2564, na forma como foi aprovado no Senado Federal. Não dá mais para esperar. As entidades estão unidas em busca de uma grande mobilização e articulação pela aprovação do piso salarial da enfermagem. Todos precisam fazer sua parte, por isso busque uma forma de participar.

AGENDA DE MOBILIZAÇÃO APROVADA

Dia 25 de Janeiro – 20H – LIVE do Fórum com a presença da deputada Carmen Zanotto

08 de Março – Dia Nacional de Mobilização da Enfermagem – Aprova PL 2564 – Grande Ato em SÃO PAULO Capital

Atos Regionalizados

Ato em Brasília entrada dos Anexos II, III e IV da Câmara
Atividades presenciais na Câmara a partir de março.

Para as atividades de mobilização de 8 de março, sugerimos a realização de atos, carreatas, panfletagens, manifestação nos locais de trabalho, assembleias e paralização das atividades sendo garantida a escala mínima de trabalho conforme a lei para os serviços essenciais. A adesão ao ato se dará de forma espontânea, livre e esclarecida, através da organização de atividades definidas pelas entidades locais.

Brasília, 20 de janeiro de 2022.

Líbia Bellusci – Coordenadora do Fórum

CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais