5
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

MDB comandará três das 14 comissões do Senado

Congresso Nacional

Partido ficará com a presidência das comissões de Educação, Orçamento e a mais cobiçada, de Constituição e Justiça, conduzida pela senadora Simone Tebet.

Com a maior bancada no Senado, o MDB ficará com a presidência de três comissões permanentes, incluindo a menina dos olhos do Parlamento, a CCJ – Comissão de Constituição e Justiça, presidida pela senadora Simone Tebet (MS). Além da CCJ, o MDB também comandará a Comissão Mista de Orçamento, colegiado composto por deputados e senadores e responsável por analisar projetos orçamentários da União, como o Plano Plurianual, a Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO e a Lei Orçamentária Anual – LOA. O colegiado ainda não foi instalado. Outra comissão que ficará sob comando do partido será a de Educação, chefiada pelo senador Dário Berger (SC).

Para que isso pudesse acontecer, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) insistiu e ganhou recuo dos parlamentares do seu partido em prol dos emedebistas – principalmente na CCJ. Segundo fontes ouvidas pelo UOL, esta foi uma forma dele agradecer pela retirada da candidatura da senadora Simone Tebet na disputa à presidência da Casa, que o favoreceu.

O PSDB, por sua vez, ficará com o comando das comissões de Desenvolvimento Regional e de Fiscalização e Controle, chefiada pelos senadores Izalci Lucas (DF) e Rodrigo Cunha (AL), respectivamente. O PSD comandará outras duas: a de Relações Exteriores, que terá como presidente Nelsinho Trad (MS) e a de Assuntos Econômicos – CAE, a ser presidida por Omar Aziz (AM). Cabe à CAE, entre outras atribuições, analisar concessões de empréstimos, dar parecer sobre projetos na área econômica e sabatinar indicados para a presidência do Banco Central.

Dessa forma, Alcolumbre contemplará o partido criando condições para negociar com a bancada da sigla algum apoio à votação da reforma da Previdência para o governo.

CDH, CMA, CI, CAS e CRA – Na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa – CDH, o senador Paulo Paim (PT-RS) foi escolhido para a presidência pela quarta vez. Ele já havia comandado o colegiado nos biênios 2007-2008, 2011-2012 e 2015-2016.

A Comissão de Meio Ambiente – CMA será comandada pelo senador Fabiano Contarato (Rede-ES), que se torna o primeiro representante do seu partido a presidir uma comissão permanente no Senado.

A Comissão de Serviços de Infraestrutura – CI será presidida pelo senador Marcos Rogério (DEM-TO). A Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) terá à frente o senador Vanderlan Cardoso (PP-GO).

Por fim, a Comissão de Assuntos Sociais – CAS será presidida pelo senador Romário (Podemos-RJ) e a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária – CRA terá à frente a senadora Soraya Thronicke (PSL-MS).

A Comissão Senado do Futuro – CSF não tem data para a sua instalação. A presidência ficará com o PRB ou o PSC.

Fonte: Com informações da Agência Senado, G1, UOL e Brasil 247
CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais