Fórum Social Mundial convoca à resistência em Salvador

Em 2001, no intuito de se contrapor ao neoliberalismo representado pelo Fórum Econômico Mundial que acontecia em Davos, na Suíça, organizações e movimentos sociais construíram o Fórum Social Mundial – FSM, um espaço de debates e reflexão que reúne participantes de vários países. O FSM semeou nova cultura política, com base na democracia direta, sem hierarquias, no respeito às diversidades e na valorização das diferenças, de opções políticas, culturais, religiosas e de livre orientação sexual. Uma cultura de defesa radical do direito das mulheres, contra o racismo ou qualquer forma de discriminação. O FSM assim contribuiu para dar visibilidade a outros paradigmas de desenvolvimento e reafirmar a supremacia dos direitos humanos sobre os interesses econômicos e financeiro.

Em 2018, o 13º Fórum Social Mundial acontece entre os dias 13 e 17 de março, em Salvador, com estimativa de mais 60 mil pessoas, de 120 países, que estarão na cidade com o objetivo de debater e definir novas alternativas e estratégias de enfrentamento ao neoliberalismo, aos golpes antidemocráticos e genocidas que diversos países estão enfrentando nos últimos anos. 

O Fórum que acontecerá no Campus de Ondina, da Universidade Federal da Bahia, tem como lema “Resistir é criar. Resistir é transformar! ”, visando promover a transformação do ser humano em busca de “Um outro mundo possível”. O FSM vai contar com seminários, plenárias, oficinas, atividades culturais e conferências.

Uma das entidades que participará do Fórum será o Conselho Nacional de Saúde – CNS, que realizará sua reunião mensal no evento, onde discutirá formas de melhorar a representação das categorias da área da saúde e controle social sobre o SUS. Além do apoio à assistência de saúde aos venezuelanos que chegam no país e a participação na 16ª Conferência Nacional de Saúde que acontecerá em julho de 2019. A CNTS estará representada pelo vice-presidente da Confederação e conselheiro Nacional de Saúde, João Rodrigues Filho.

Representantes de entidades de países como Canadá, Marrocos, Finlândia, França, Alemanha, Tunísia, Guiné, Senegal, além de países Panamazônicos e representações nacionais já confirmaram presença no evento, entre eles, o ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva; a presidente da Fundação Franz Fanon, Mireille Fanon Mendés; o filósofo do Congo, Godefroid Ka Mana Kangudie; Francine Mestrum, da Justiça Global Social, entre outros.

Para a edição do FSM 2018, a novidade é unir aos eixos, lemas e bandeiras com o intuito de contribuir ao processo de mobilização e articulação das resistências entre si, que são abertos e podem ser propostos por redes, plataformas, organizações e movimentos sociais. Alguns temas já sugeridos em consultas feitas no site do Fórum são: “A vida não é mercadoria”, “Nada sobre nós, sem nós”, “Cidadania sem Fronteiras”, entre outros.

Histórico – As quatro primeiras edições do Fórum ocorrem em Porto Alegre, depois disso o FSM percorreu o mundo com encontros em Mumbai, Caracas, Karashi, Bamako, Nairobi, Belém, Dacar, Tunis e Montreal. Além de edições temáticas, regionais, continentais.

Ao norte da África, a construção de duas edições mundiais foi parte dos acontecimentos da chamada Primavera Árabe. No Canadá, teve pela primeira vez sua realização em um país do Norte, com forte protagonismo da juventude.

O FSM volta ao Brasil após fase de intensos debates sobre o futuro das lutas sociais e do próprio processo Fórum, com a perspectiva de servir aos movimentos de resistência contra o avanço das forças neoliberais e suas investidas contra as jovens democracias na América Latina.

Inscrições – As inscrições para o FSM 2018 continuam abertas no site do Fórum até o dia 10 de março. Os interessados podem se inscrever nas modalidades: Participante, Comitê e Grupo de Trabalho, Entidade, Atividades, Inscrições Solidárias e Casos Especiais. Qualquer pessoa pode se inscrever; as inscrições podem ser individuais ou coletivas e organizações podem inscrever atividades que farão parte da programação do evento no site www.fsm2018.org.

CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais