817

Comunicado às entidades e aos trabalhadores da Ebserh sobre agenda de mobilizações

ACT EBSERH

Diante da posição intransigente da direção da Ebserh em retardar as negociações do ACT e impor prejuízos à categoria, os representantes dos trabalhadores aprovaram, em reunião virtual realizada neste domingo, 28, por convocar a categoria entre os dias 04 e 05 de setembro para deliberar sobre indicativo de Greve Geral, a partir do dia 14/09/2022.

 A CNTS – Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde, reunida em plenária virtual realizada no domingo, 28 de agosto de 2022, às 09 horas, com a presença das entidades sindicais de base e participação de representantes dos trabalhadores, em atendimento ao proposto pelas representações presentes, aprovou o calendário de mobilizações abaixo com vistas a destravar as negociações dos ACTs 2020-2021 / 2021-2022 / 2022-2023, que se encontram estagnadas por falta de uma proposta objetiva e coerente por parte da empresa.

As representações presentes registraram a angústia por que passam os trabalhadores da EBSERH diante do cenário atual em que não se vislumbra uma solução imediata dentro do processo de negociação na forma como se encontra, visto que o dissídio de greve que tramita na seção especializada em dissídios coletivos do Tribunal Superior do Trabalho – TST, protocolado sob o nº 1000761.57.2021.5.00.0000, a cargo da Ministra Delaíde Alves Miranda Arantes, não tem como objetivo julgar os pedidos apresentados pelos trabalhadores através das entidades nacionais, posto que neste processo, tão somente será julgada a legalidade ou não da greve realizada em maio de 2021.

A reunião abordou as dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores que acumulam perdas de mais de três anos de inflação sem qualquer reajuste salarial ou progresso em pautas sociais e jornada de trabalho.

Diante da posição da direção EBSERH em retardar as negociações e impor prejuízos à categoria é urgente a retomada do processo de mobilização dos trabalhadores da EBSERH, afim de que as negociações tenham resultado positivo das pautas juntadas nos referidos processos.

 Agenda de Mobilização:

1) Nos dias 04 e 05 de setembro/22 deverão ser realizadas assembleias nas unidades da empresa;

2) As assembleias devem deliberar sobre indicativo de GREVE GERAL para o dia 14 de Setembro/22;

3) As assembleias devem deliberar sobre indicativo de ESTADO PERMANENTE DE GREVE a partir do dia 15 de Setembro/22;

4) Criação de um Grupo de Trabalho de Comunicação especifica em relação agenda aprovada;

5) Procurar alinhamento da agenda com as demais entidades que participam dos ACT’s.

De forma sucinta, as entidades vinculadas a CNTS e os trabalhadores presentes entendem que não haverá avanços significativos nas negociações se não tivermos uma grande mobilização da categoria.

Diante do exposto, solicitamos às representações das entidades da base da CNTS que tomem todas as medidas necessárias a realização das assembleias, bem como, em sendo aprovado o indicativo de greve, e do estado de greve, que tomem as devidas medidas necessárias para as comunicações das unidades da empresa e a comunidade local da base das respectivas entidades.

VALDIRLEI CASTAGNA

Presidente

CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais