66
Foto: Mário Oliveira /Semcom-AM

Com recorde de 881 mortes em 24 horas, Brasil chega a 12,4 mil vítimas do coronavírus

Brasil

Enquanto governo faz pressão contra isolamento social, casos da Covid-19 crescem com rapidez e chegam a 177.589.

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro liberar atividades como academias, salões de beleza e barbearias, o Brasil registrou um novo recorde de mortes pelo novo coronavírus, ontem, 12: mais 881 pessoas morreram em decorrência da Covid-19. Ao todo, as vítimas já são 12,4 mil, conforme o último levantamento divulgado pelo governo.

O número de casos confirmados agora é de 177.589. Nas últimas 24 horas, foram 9.258 novos contágios registrados no país. O índice de letalidade subiu para 7%. Entre 10 de abril, quando o país ultrapassou mil mortes pela Covid-19, e 10 de maio, o número de mortes pela doença cresceu nove vezes no país.

São Paulo é o Estado que apresenta os maiores números, com 3.949 óbitos decorrentes do novo coronavírus e 47.719 casos confirmados da doença. Em seguida, vêm Rio de Janeiro – 1.928 óbitos, 18.486 casos –, Ceará –1.280 óbitos, 18.412 casos –, Pernambuco – 1.157 óbitos, 14.309 casos – e Amazonas – 1.098 óbitos, 14.168 casos.

Segundo boletim apresentado na terça pelo Ministério da Saúde, mais de metade dos municípios brasileiros (51,4%) já registraram casos de Covid-19, e 995 municípios (17,9%) já tiveram óbitos confirmados pela doença. De acordo com o secretário substituto de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, esses números estão concentrados nas capitais e regiões metropolitanas, mas também já apresentam uma interiorização pelas demais áreas do país. “Mesmo assim, é importante enfatizar que há diferenças regionais”, afirmou Macário.

A capilaridade da epidemia no país preocupa pela desigualdade de estrutura médica do SUS pelo país. Num sinal de que, dois meses após a crise, o Brasil ainda não resolveu seus gargalos no combate à doença, o Ministério da Saúde admitiu na terça ainda há um fila para o processamento de testes. O Brasil realizou um total de 337.595 exames para detectar o coronavírus nos laboratórios públicos. No momento, segundo a pasta, 95.144 exames estão em análise.

Com a atualização de ontem sobre os dados da pandemia, o Brasil ultrapassou a Alemanha em número total de casos confirmados da Covid-19 e se tornou o 7º país no mundo com mais casos da doença, segundo levantamento da universidade Johns Hopkins. O país europeu contabilizava 173.034 casos confirmados da Covid-19.

Também de acordo com dados do levantamento da universidade Johns Hopkins, o Brasil é o sexto na lista de países com mais mortes em função do novo coronavírus, e fica atrás apenas de Estados Unidos (81.805), Reino Unido (32.769), Itália (30.911), França (26.994) e Espanha (26.744).

Fonte: Com Brasil de Fato, Estadão e El País
CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais