36

CNTS repudia violência cometida contra profissionais da Enfermagem em Rondônia

Nota de Repúdio

A Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde – CNTS vem a público manifestar sua indignação e repúdio contra as agressões sofridas por duas profissionais da Enfermagem no Hospital João Paulo II, em Porto Velho-RO, na terça-feira, 19. Em pleno local de trabalho, as profissionais foram agredidas com soco no estômago e puxões no cabelo por uma paciente da unidade de saúde.

Infelizmente, o desrespeito e a violência contra profissionais da saúde têm aumentado no país. A CNTS e as entidades vinculadas vêm, reiteradamente, denunciando a falta de segurança e violência pelo qual muitos profissionais da Enfermagem têm vivenciado dentro do próprio ambiente de trabalho.

Em 2019, estudo encomendado pelos conselhos regionais das categorias entrevistou 6.832 profissionais, sendo 4.107 profissionais da Enfermagem, 1.640 médicos e 1.085 farmacêuticos, e revelou que 71,6% deles já sofreram agressão física ou verbal em ambiente de trabalho. A combinação entre ambiente insalubre e violência pode levar à deterioração do local de trabalho, com o surgimento de doenças profissionais das mais diversas, podendo elevar o índice de acidentes de trabalho, com efeitos físicos, psicológicos e sociais.

Diante deste lamentável episódio de violência, a CNTS exige, mais uma vez, que as autoridades garantam a devida segurança para os profissionais de saúde em todo o país. A Confederação se solidariza com as vítimas e reforça que continuará atuando, junto aos gestores federais, estaduais e municipais, por mais segurança e pela criação de normas mais rígidas contra quem agride um profissional que trabalha salvando vidas.

A Enfermagem salva vidas e a vida destes profissionais não pode estar em risco no seu ambiente de trabalho.

Valdirlei Castagna

Presidente da CNTS

CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais