34

CNTS repudia crime de racismo contra estudante de enfermagem

Nota de Repúdio

Toda nossa solidariedade à vítima, estudante de enfermagem que contribui de forma voluntária no processo de imunização em Pelotas, no Rio Grande do Sul. A prática de racismo é inaceitável e sempre será firmemente combatida pela CNTS.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde – CNTS vem a público manifestar o seu veemente repúdio ao crime de racismo contra uma estudante de enfermagem em Pelotas, no Rio Grande do Sul, na última sexta-feira, 9. A prática de racismo é inaceitável e sempre será firmemente combatida por esta Confederação.

A vítima trabalhava de forma voluntária no processo de imunização contra a Covid-19, no Centro de Eventos Fenadoce. Na ocasião, o criminoso de 37 anos, não aceitou ser questionado acerca da falta de documentação e afirmou que não gosta de negro e que negro só atrapalha. O homem foi preso em flagrante.

O ato de racismo sofrido pela estudante chama atenção para o fato de que a intolerância, a discriminação e o preconceito precisam ser repudiados e combatidos em nossa sociedade. Racismo é crime e deve ser punido com penas que sirvam de medida reparatória e exemplar para toda sociedade brasileira.

A CNTS se solidariza com a vítima e com todos que têm sofrido algum tipo de discriminação e constrangimento e reafirma seu compromisso com a promoção da igualdade racial e de gênero, repudiando toda e qualquer manifestação de preconceito para com negros, mulheres, comunidade LGBTQIA+, indígenas e todos os grupos sociais historicamente discriminados neste país.

Valdirlei Castagna

Presidente da CNTS

CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais