62

CNTS orienta federações e sindicatos a aderirem à greve geral

Brasil

A pauta central da greve geral é a defesa do direito de aposentadoria e o repúdio à PEC 6/2019 da reforma da Previdência. A CNTS entende que a unidade dos movimentos sindical e social se faz necessária e urgente para mobilizar o Congresso Nacional a alterar a proposta do governo Bolsonaro.

No dia 14 de junho teremos a greve geral da classe trabalhadora, convocada no dia 1º de maio pelas centrais sindicais, que terá como pauta central a luta contra a reforma da Previdência do governo Bolsonaro. Por conta disso, a CNTS orienta federações filiadas e sindicatos vinculados a participarem da greve geral em vista aos ataques do governo aos direitos previdenciários, trabalhistas e sociais da população.

A Proposta de Emenda à Constituição – PEC 6/2019 prejudicará a população mais pobre, os trabalhadores, as mulheres, professores, trabalhadores rurais e os que recebem benefício assistencial. A reforma tem por objetivo acabar com a aposentadoria, aumentando a idade para homens e mulheres, além de diminuir e congelar o valor dos benefícios. Ao trabalhador está imposta a conta que não é dele. A CNTS entende que a unidade dos movimentos sindical e social se faz necessária e urgente para mobilizar o Congresso Nacional a alterar a proposta do governo Bolsonaro.

A CNTS entende ainda que o movimento sindical precisa estar forte contra as tentativas de subjugar os direitos dos trabalhadores aos interesses do capital e somente com ações conjuntas e pauta unificada será possível enfrentar as ameaças que se avizinham. Nesse sentido, orienta suas federações filiadas e sindicatos vinculados a participarem das mobilizações, respeitando-se as decisões e situações diferenciadas em cada localidade, e também os limites estabelecidos nas legislações vigentes para quem executa serviços essenciais.

CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais