619
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Caixa lança site e aplicativo para solicitar auxílio emergencial

Economia

Apenas MEIs, autônomos, trabalhadores informais e contribuintes individuais não inscritos no Cadastro Único precisarão se cadastrar. Quem já está no Cadastro Único não precisa de novo cadastro. Beneficiários do Bolsa Família também não precisam se cadastrar.

A Caixa Econômica Federal disponibilizou nesta terça-feira, 7, o site e o aplicativo por meio do qual informais, autônomos, desempregados e MEIs podem solicitar o auxílio emergencial de R$ 600. Para solicitar o benefício, basta acessar o site ou baixar o app Caixa Auxílio Emergencial nos aparelhos com sistema operacional Android e aparelhos com sistema iOS, como iPhones.

O cadastro deve ser usado pelos trabalhadores que forem Microempreendedores Individuais – MEIs, trabalhadores informais sem registro e contribuintes individuais do INSS. Aqueles que já recebem o Bolsa Família, ou que estão inscritos no Cadastro Único, não precisam se inscrever pelo aplicativo ou site. O pagamento será feito automaticamente.

O auxílio emergencial é um benefício concedido pelo governo aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do coronavírus. O valor será distribuído durante três meses.

Se algum trabalhador já cadastrado no CadÚnico tentar se inscrever na plataforma do governo receberá uma mensagem dizendo que não há necessidade de finalizar a inscrição.

Depois de fazer o cadastro, a pessoa pode acompanhar se vai receber o auxílio emergencial, consultando no próprio site ou aplicativo. O app já recebeu mais de 3,5 milhões de inscrições. A estimativa é de que 15 milhões de brasileiros realizem o cadastramento apenas hoje. Até quinta-feira, a previsão é de que sejam feitos 40 milhões de cadastros. O governo estima que existam entre 15 e 25 milhões de trabalhadores elegíveis ao benefício no país.

Para o cadastro, é necessário inserir o CPF. Apenas com esse dado o trabalhador poderão se inscrever para receber o benefício. O governo não ofereceu alternativas para cadastro além do aplicativo de celular e o site. Mas a Caixa Econômica Federal disponibilizou o número telefônico 111 para eventuais dúvidas dos trabalhadores sobre o auxílio.

Quem pode receber – Têm direito ao benefício cidadãos maiores de 18 anos que não têm emprego formal, que não recebem benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, exceto o Bolsa Família.

Também receberão o auxílio emergencial quem tem renda mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135); e não tenham recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.

O auxílio também vale para quem exerce atividade de MEI, contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social e para o trabalhador informal, de qualquer natureza, inscrito no Cadastro Único para programas sociais do governo federal ou que cumpra o requisito de renda até 20 de março.

O recebimento do benefício está limitado a dois membros da mesma família. O auxílio substituirá o benefício do Bolsa Família nas situações em que for mais vantajoso.

Calendário – As três parcelas do auxílio emergencial começam a ser pagas na quinta-feira, 9. A última parcela mensal deve ser paga até 29 de maio. Segundo o governo, para os que se cadastrarem hoje, o pagamento deve estar disponível na quinta-feira, se tiverem conta poupança na Caixa ou conta corrente no Banco do Brasil. Os demais devem receber até o dia 14.

A segunda e a terceira parcela serão pagas de acordo com o mês de aniversário do cidadão. A segunda parcela do auxílio deverá ser paga entre 27 e 30 de abril. A terceira parcela deverá ser paga entre 26 e 29 de maio.

Fonte: Com G1, UOL e Revista Exame
CNTS

11 opiniões sobre “Caixa lança site e aplicativo para solicitar auxílio emergencial

  • Reginaldo Silva Medeiros

    Como que eu faço pra baixar o aplicativo do auxílio do governo

    • CNTS Autor do post

      Bom dia, Reginaldo. Na matéria que publicamos tem todos os links dos aplicativos do auxílio emergencial, além do próprio site da Caixa.

  • viviane heiden

    Naobto conseguindo me cadastrar eu tenho o bolsa familia o que façobo cpf nao vai

    • CNTS Autor do post

      Bom dia, Viviane. Os beneficiários do Bolsa Família não precisam se cadastrar.

  • Luiz Carlos de Souza

    Já tem uma semana que fiz o cadastramento para o auxílio emergencial da caixa. Desde então não obtive resposta. Só que o pedido está em análise.
    Qual é o prazo para a resposta? Obrigada

  • Luciceli mascena

    Sou mãe solo e o meu ainda esta em análise
    Ligo para o 111 e dizem que eu não me quadro no requisito pq não recebo renda nenhum sou mais solteira e não tenho direito como e isso

  • Shirlei

    Não consigo sair do analise

  • Neilair

    Não consigo ver pq não tive o direito, fiz tudo certo e me enquadro, sou diarista e estou parada dessa epdemia.
    Sem renda nenhuma.
    Gostaria e preciso urgente dessa ajuda.

  • Josivaldo Lima dos Santos

    Meu auxílio deu membro da família ja recebeu foi negado

  • Fabiano Gomes do santos

    Meu auxílio só fica em análise

  • Fabiano Gomes do santos

    Meu auxílio emergencial até agora não saiu á receb seguro desemprego receb a última parcela em dia 20de abril mês 5 2019 ainda Costa que estou recebendo seguro desemprego estou desempregado mais até agora só fica em análise

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga a CNTS
nas Redes Sociais