602

ACT Ebserh 2023/24: CNTS protocola pauta dos trabalhadores na direção da empresa

ACT EBSERH

As reivindicações dos trabalhadores e trabalhadoras da Ebserh foram protocoladas pela CNTS última quarta-feira, 21. Entre as reivindicações estão a recomposição salarial histórica não repassada aos salários nos períodos anteriores.

Na última quarta-feira, 21, a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde – CNTS protocolou na sede da diretoria da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – EBSERH, em Brasília, a pauta de reivindicações dos trabalhadores para o Acordo Coletivo de Trabalho – ACT 2023/24, tendo como data base o dia primeiro de março.

O documento entregue à estatal, conforme o presidente da CNTS, Valdirlei Castagna, é fruto de grande debate realizado pela base de representação da Confederação, tendo sido aprovada pela maioria absoluta dos trabalhadores que participaram das assembleias realizadas pelos sindicatos vinculados à CNTS.

O documento apresentado se divide em três principais blocos: o primeiro é o da renovação das cláusulas pré-existentes, o segundo das cláusulas pré-existentes com melhoria das condições já pactuadas e o terceiro o bloco das chamadas cláusulas novas.

Castagna informa que nas cláusulas econômicas, destacam-se o pedido de reajuste dos salários pelo índice inflacionário do período revisado e a recomposição salarial da inflação histórica não repassada aos salários nos períodos anteriores, visto que somente nos últimos três anos, em face do percentual concedido pelo TST no julgamento do dissidio de grave, os trabalhadores acumularam uma perda salarial acima de 11%. Ainda na pauta das cláusulas econômicas, foi apresentado pedido de um valor maior para o auxílio alimentação.

A CNTS e a categoria aguardam posicionamento da empresa para dar início ao processo de negociação. “Esperamos que as negociações aconteçam de forma rápida e que as justas reivindicações sejam amplamente atendidas. Não podemos admitir que se repita o processo enfadonho que aconteceu nos ACTs anteriores. Os trabalhadores merecem e precisam ser valorizados”, acrescentou o presidente da entidade.

Paralelamente à apresentação da pauta do ACT, a CNTS protocolou junto à direção da Empresa pedido de reunião em caráter de urgência para discutir a atualização do Regimento Institucional da Mesa de Negociação Permanente da EBSERH. A Confederação entende que os processos de indicações para composição da mesa e da comissão de empregados que participam do processo de negociação precisam ser atualizados. E que o novo modelo a ser construído contemple todas entidades que participam dos processos de negociação.

CNTS

Deixe sua opinião

Enviando seu comentário...
Houve um erro ao publicar seu comentário, por favor, tente novamente.
Por favor, confirme que você não é um robô.
Robô detectado. O comentário não pôde ser enviado.
Obrigado por seu comentário. Sua mensagem foi enviada para aprovação e estará disponível em breve.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *